A MPEG LA, empresa responsável pelo licenciamento de diversos formatos de vídeo, anunciou nesta quinta-feira que a utilização do codec de vídeo H.264 será para sempre gratuita para todas as aplicações que se destinem à distribuição gratuita de vídeo.

O H.264 já é gratuito atualmente, mas a mais recente resolução da MPEG LA previa essa gratuidade somente até o dia 31 de dezembro de 2015. Agora a empresa vem a público para anunciar esse limite deixa de existir.

Em termos práticos, isso significa que todo o vídeo que vem sendo codificado em H.264 para distribuição gratuita pela web possui agora a garantia de estar isento de royalties para toda a eternidade. E isso pode enfim trazer um consenso sobre o codec universal para vídeo distribuído via HTML 5.

Microsoft, Google e Apple já haviam adotado o H.264 para os vídeos em HTML 5 a serem decodificados pelos seus respectivos navegadores. Mozilla e Opera, por outro lado, permaneciam contrárias ao H.264, favorecendo o Ogg Theora.

Se a Mozilla e a Opera Software resolverem, em face à nova situação, aceitar o H.264 para decodificação de vídeo nas versões futuras de seus navegadores, poderemos então ter enfim um codec de vídeo de alta qualidade que seja universalmente aceito para a distribuição de conteúdo. Só quem não vai gostar dessa notícia, é claro, é a Adobe